sábado, 7 de novembro de 2009

Ira Vislumbrada




Na rusga da dor intensa que invade o trôpego coração
Acelera desentupindo as artérias do medo
Torcendo as fibras cristalizadas
Desferindo contra o peito seu pulso violento
O germe acorda e evoca poder
Desabrocha suas rubras pétalas
Vocifera a desordem
Intoxica o invólucro da medula
A carne treme consternada
As garras gestam um desejo crescente
A saliva envenenada corrompe a palavra
As lágrimas ácidas rompem trincheiras amargas
O olhar explode em mil cores quentes e viscosas
Sentidos vermelhos e brilhantes de cólera...
Como o reflexo da adaga sob a sanguínea lua.
Nua, a alma aprisionada se angustia
Debate-se entre paredes do casulo da raiva
Verme faminto é a ira que anima o ego pútrido
É a imagem vislumbrada pelos olhos cristalinos da consciência
A faísca é um sinal!
A catarse o final! 
Observo-me...


2 comentários:

Menina Real disse...

Muitoooo legalll.... voltarei sempre ao seu blog...bjos

Servant of the Most High disse...

Hi,

Here's a blog that serves for your spiritual needs, and will surely be a blessing for you.

It has messages from the Holy Scriptures, taught by the Spirit of God.

These messages teach us how to have God in all the aspects of our lives and have God's rule over every matter :

www.holyoneofisrael-reconciliation.blogspot.com

Have a blessed reading and gladly write back if you need any prayer help.

God bless you and your family.