segunda-feira, 19 de abril de 2010

Abwoon (Our Father) - Lisa Gerrard




O quão profundo pode ser a contribuição de alguém do outro lado do mundo em sua vida?
Muitos sabem que algo assim pode mover sua vida a acontecimentos internos e externos diversos. Cada um pode pensar por si mesmo em diversos exemplos. Estou aqui para dar o meu exemplo! Um exemplo musical ou vibracional.

Não sou crítica de música ou coisa assim, mas como um amigo já me falou, tenho certa aptidão para ver por trás de alguns véus, pra fazer uma releitura de significados.  Não foi raro, em diversas ocasiões, saber o que dizia a letra de a alguma música sem traduzir a letra apenas sentindo. Sigo os sinais daquilo que sinto, e o sentir é amplo pra todos, corpo, mente, coração, espírito, embora cada um tenha um canal, dentre os 5 sentidos existentes, mais desenvolvido, alguns até tem o 6º.  O meu sentir sempre busca o que está por trás do véu... buscar um sentido além do aparente...

Para quem não conhece vim apresentar uma cantora com a voz de "outro mundo", e tome como livre o significado da metáfora. A maioria já ouviu sua voz, e se emocionou. Sua magnífica voz ecoou em algumas trilhas sonoras de filmes bem conhecidos como: Gladiator, Whale Rider (Encantadora de Baleias), Constantine; e alguns nem tão conhecidos no Brasil como: The Insider, A Thousand Roads e muitos outros.


Não pensei tanto em apresentá-la, fazendo referencia a sua origem e historia isto se pode conseguir em outras fontes, deixarei algumas por aqui. Mas pensei na pergunta "O quão profundo pode ser a contribuição de alguém do outro lado do mundo em sua vida?" e o quão benéfico é ser grata e passar adiante o que faz bem, compartilhar um pouco de mim tendo ela como referencia ou compartilhar um pouco dela através do meu sentir.

Conhecedores de música falam sobre sua voz profunda e assustadora de contralto (classificação vocal rara) e do expressivo alcance agudo como mezzosoprano,  eu ouço e quero falar da mulher que consegue expressar em sua voz a conexão que se faz entre o homem e Deus,como a oração,ou a inspiração.

Até chegar aqui e escrever sobre isto observei e senti algumas experiências que acabaram por me fazer cristalizar este momento de expressão. Sempre que ouvia suas músicas e deixava que aquela voz vibrasse em meu ser, eu sentia que estava compartilhando um momento de ligação dela com Deus, sentia que ela me inspirava a orar e fazer parte desta ligação, consigo colocar agora este sentir em palavras, mas antes só sentia.

Algumas vezes amigos de gostos musicais diversos ouviram em minha casa ou no trabalho, não foi intencional, não estava tentando impor meu gosto musical, eu já estava escutando e a música fez parte do cenário da conversa, os comentários foram diversos, de aprovação ou desaprovação, do tipo "Ao ouvir esta voz, esta música, se eu fechar os olhos, tenho uma sensação muito familiar que não consigo descrever, é uma ligação com algo"; "Hei! Dá pra mudar a música? Eu já estou começando a ver espíritos”.

Sentia curiosidade a respeito da sensação, de estar em oração, então pesquisei algumas letras, acho que na época que pesquisei ela ainda não era muito pop e única música que consegui uma tradução foi de Now We Are Free, do filme Gladiador, fiquei um tanto  decepcionada com o que dizia a letra, não tinha muito a ver com o que eu imaginava, por um bom tempo desisti de tentar entender o que ela dizia e apenas sentir, pois isto me dizia mais que palavras. 


Hoje, como sempre, após ter inspiração sobre determinado assunto, ainda busco mais informações através de pesquisas e assim descobri que parece não haver uma tradução desta música, pois o que ela canta são vocalizações de livre inspiração aliada a uma linguagem que ela mesma criou e foi desenvolvendo desde os 12 anos de idade,  e que denomina como uma linguagem pra falar com Deus...

Até que em fim algo fez sentido...


Mas havia agora também outras traduções, e uma música que me traz muito esta sensação de ligação  é "Abwoon",  e já não fiquei tão surpresa em saber que é a oração mais conhecida no mundo expressa na voz  e na arte de Lisa Gerrard a voz que expressa  na voz a ligação com o divino, pois esta é a arte por trás da arte, e em mim ao ouví-la, é realmente isto que desperta, mas acho que é algo muito pessoal, como as diferentes reações que meus amigos tiveram, pois cada um tem sua própria ligação com o divino, sua espiritualidade que pode parecer ser amorosa, intuitiva, apaixonada, misteriosa, sombria, luminosa, afinal  é a sua .

Então...  O quão profundo pode ser a contribuição de alguém do outro lado do mundo em sua vida? 
O quão profundo você pode mergulhar em si mesmo e descobrir-se, pois os sinais, as fontes estão aí pelo mundo. O mundo externo é puramente simbólico, mas nele estão chaves para abrir portas do mundo interno. A Arte em si é a expressão das conexões do mundo externo e interno, e todos somos artistas aprendendo a compartilhar.

A arte de Lisa está sendo reconhecida, talvez um dia a minha, seja ela qual for, pois ainda estou me descobrindo, a sua, possam se desenvolver e também brilhar. É muito possível e muito provável. Afinal temos todo o tempo do mundo, mais ou menos a Eternidade.

Aqui deixo a letra da música Abwoon e sua tradução e se você quiser curtir mais e talvez saber mais sobre o que estou dizendo, ouça a música de Lisa Gerrard.

 
 Abwoom

Abwoom d,bwahmaya 

Nethqadash shmakh 

Teytey malkuthakh 

Nehwey tzevyanach aykanna d'bwahmaya aph b'arha 

Hawvlan lachma disunqanan yaomana 

Washboqlan khaubayn aykana daph khan shbwoqan l'khayyabayn 

Wela tahlan l'nesyuna ela patzan min bisha 

Metol dilakhie malkutha wahayla wateshbukhta l'ahlam almin 

Ameyn



Abwoom (Tradução

Pai Nosso

Pai Nosso que estais no céu 

Santificado pelo teu nome 

O Reino do Amanhã 

Se a Tua vontade na terra como no céu 

Dá-nos hoje o nosso pão de cada dia 

E perdoa-nos as nossas dívidas, assim como nós perdoarmos aos nossos devedores 

E não nos deixes cair em tentação, mas livrai-nos do mal 

Porque teu é o reino e o poder e a glória para sempre. 

Amém.

Interpretação: Lisa Gerrard


6 comentários:

Vidas e Revidas... disse...

Que voz maravilhosa, nos traz a paz!!!Como revela em seu texto é tão profundo q nos leva a mergulhar em nós mesmos...Completamente Alma...
É uma honra para mim te-la em meu blog...
A Simpatia é reciploca...
abraços e continue nos presenteando com seu bom gosto...

T@CITO/XANADU disse...

Oi Isabel!
Caminhando no rastro da poesia, dei com os costados neste seu espaço.Adorei o trabalho que fazes aqui, estarei te visitando mais vêzes.

Parabéns.
Tácito

PS - Estarei editando o seu link em
xanadu/poesias.

Ariany disse...

Olá,

Meu nome é Ariany e eu represento o Blog Vestibular, da FECAP. Gostaria de convidá-lo (a) a conhecer e opinar num ambiente repleto de informações sobre educação: http://fecapblogvestibular.blogspot.com/

Conto com a sua visita!
Até mais!

nando disse...

Sentes o mesmo que eu porém compartilho da mesma dificuldade de colocar em texto tal sentimento. Obrigado por citar a Lisa aqui, fico tão feliz de saber que gosta tanto dela.. Fique atenta que vão anunciar as datas na america do sul. Imagina ver essa pessoa ao vivo?

Isabel Batista disse...

Lisa é maravilhosa!
Seria a glória ver e ouví-la ao vivo!

Marco Barros disse...

Bom eu conheci a Lisa Gerrard no filme gladiador, foi amor a primeira vista (risos), enfim, pesquisei mais sobre o trabalho dela, e hoje sou um fã.
Quero dizer que tive a mesma sensação. De estar sintonizado com algo maior do que eu. Uma sensação de estar consciente enquanto escuto ela. Sinto uma vibração de energia grande penetrando muitos pontos do meu corpo, algo como se quisesse me levar para algo mais. É um pouco complicado saber mais sobre a vida dela porque é uma artista mais oculta que eu já vi. Você sabe de muitos trabalhos dela, mas da vida mesmo só o que está no Wikipedia. Mas para escuta- la eu acredito quee a pessoa deve ter ouvidos da alma e não do corpo. porque é a alma que escuta. "ouça quem tem ouvidos para ouvir".