segunda-feira, 21 de novembro de 2005

Prece por "Feralher"


Que a Fera possa atender o grunhido

desesperado de sua essência!

Enquanto a Mulher, sem sinal de ruído,
busca as origens de sua carência.

Que a Fera fira, com suas presas e garras,
com critério, por sobrevivência.

Mesmo que a Mulher faça-se mistério por subserviência.

Que a Fera ouse!!!

Ainda que a Mulher repouse...

Que a Fera intua, evolua!

Para que a Mulher conclua...

Que as labaredas que incendeiam o coração da Fera
não se apaguem, enquanto chamas de amor.

Que a Mulher, amedrontada e exaurida,
não seja aniquilada pela dor.

Que a Fera apaixone!

Mesmo que a Mulher decepcione.

Que a Fera encante com poder.

Que a Mulher comova com a reminiscência do seu ser.

Que a Fera se encarregue da fêmea, da bruxa, da feiticeira.

todas gritando:

- Mulher!!!!!!! Levanta dessa cadeira!!!

Que a Fera corra livre pelas florestas, intuindo as manhãs,
sendo espelho do sol, cumplice dos segredos da lua, amante do rio,
testemunha da chuva, conivente com a existência...

E que a Mulher, atenta para às arestas, não se precipite em lágrimas,
não se faça confidente das cicatrizes, aprenda a permitir-se deslizes.

Que o sangue quente da Fera não escoe...

Que a Mulher, não se esvaia num pranto gelado... eur.

Que a morte latente da fera possa ocultar-se
sob a vida aparente da Mulher.

Que a Fera aguarde!!!

Que a Mulher , não tarde...

Até que uma metaforseando-se na outra,
onde não haverá vencida ou vencedora, através dessa quase fusão...

Mente e coração...

"Iceberg" e vulcão...

Voem os véus da ilusão e se concretize a tranformação...

Autora: Lú




2 comentários:

MarcusMV disse...

Uauuuu
Inspirador ^^
( mais meui Feminista ^^)
esta otimo amei d++++
ti amo Isa mais eu nao ti deichei nao viu so estou meis sumido msm ^^
espera que sua net vouti logo pra podermos jogar LINE AGE II ^^
Isa ti amo de paixão ti love...
BJS

escravonauta disse...

Oi meu nick no gigafoto é escravonauta, você passou por lá e perguntou sobre poesias, gosto de poesias por que é o elo entre nossos extintos mais reprimidos e a evolução de nossas verdadeiras personalidades, na verdade todas as poesias em meu blog são de minha autoria, não gosto de plagio e muito menos falta de originalidade, poesias tem que vir de dentro da alma, liberar o anjo e o diabo, que nós prendemos o tempo todo, eu já fui oprimido pela minha sensatez, agora é diferente,sou todas as minhas poesias, tento criar minhas perpectivas, minhas respostas, e nelas vais me encontrar pois eu estou em cada uma delas, princeza, quando quiser conversar a respeito eu estarei a sua espera, como um lobo esperando a lua para uivar, é um prazer e uma honra que tenha gostado de algo que escrevi. Beijos