sábado, 17 de dezembro de 2005

Meditação

À tardinha as nuvens desenhavam um bailado

harmonioso no céu pós-chuva...

Ela deleitando-se com a existência...

Nua em essência no templo do sentir...

Fazendo amor com o Universo...

Permitiu-se por um momento:

Omitir-se dos ardis da mente...

Imiscuir-se no sopro divino...Amar...

Amar-se...Diluir-se...Perdoar-se...

As mãos do tempo, tocando serenamente a sua

alma...

Muitas vidas... Eternidade...

Recobrou os sentidos...Recordou ser

parte de uma estrela,

gota d’água, verme, terra, fogo,

tudo e nada...

Na multiplicidade de sensações, no flanar em si,

tudo fez sentido...

Renascida! Recordada...Abençoada!

Resgatada!

Plena de energia!

Em paz, deu a luz ao êxtase e

saiu a compartilhá-lo com o mundo...


Autora: Lú

Um comentário:

Lu disse...

Belzinha!
Só agora pude vir visitar o seu blog, está lindo!
Saudades dos nossos papos, saudades de vc.
Feliz 2006! Sorte! Saúde! Harmonia!Paz!
Beijão,
Lu